Mobirise

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATURISMO



Desde 1977 a dignificar o Naturismo em Portugal

Praias Toleradas

Em Portugal existem 8 prais oficias Naturistas
A zona costeira portuguesa extende-se por cerca de 1230km, dos quais cerca de  934Km são areais, com cerca de 16km de areias oficiais Naturistas. Dos 934Km, muitos são os areais onde existe uma tradição Naturista em comunhão com o modo têxtil.

De Norte a Sul de Portugal podemos encontrar muitas praias toleradas ou de uso e costume Naturista, isto é, não são praias oficiais mas são praias onde é habitual encontrar banhistas naturistas e texteis em conjunto. Com zonas distintas de utilização, as areas Naturistas ficam normalmente a sul da praia que lhe dá o nome. Esta indicação não é uma regra, sendo  apenas uma constatação.

Presentemente todas as praias Naturistas Oficiais encontram-se a sul do Rio Tejo. Até esta data o Concelho de Almada é o único em Portugal que tem duas praias oficiais na sua área geográfica. Esperamos que outros lhes sigam as pegadas e que outros abram as suas portas a novas praias Naturistas, localizadas a norte do Rio Tejo. É nossa vontade proporcionar aos Naturistas do Centro e Norte do país outro conforto na prática naturista, bem como aos milhares de turistas Naturistas que nos visitam anualmente. 

Lista de praias

PRAIAS NACIONAIS

AFIFE - A norte de Viana do Castelo, no Minho, pela N 13, em direcção a Caminha e antes de Vila Praia de Âncora. A praia mais a Norte de Potugal onde já foram vistos nudistas. No entanto, isto acontece raramente e não é muito discreto, até porque o areal é visível de uma estrada nacional de grande movimento, que lhe passa mesmo ao lado. Praia rochosa, pouca areia, melhor na maré cheia. A água é muito fria e o mar raramente está calmo.

RODANHO - A Sul de Viana, pela N13, entre o Cabedelo e a Amorosa. Limpa e isolada, natureza pura. 

ESTELA - Entre Esposende e Apúlia, a partir da A28 ou N13, seguir em direcção ao campo de golfe, até a um café e à esquerda, para Sul. Areia branca, nudismo. 

RIO ALTO - Entre a Póvoa de Varzim e Viana do Castelo. Acesso para norte a partir de Varzim, pela N13. Na Aguçadoura, procure o campo de futebol do clube local e siga daí para o campo e o Golf da Estela. A praia fica mesmo por detrás do Golf, para sul. Areal muito extenso e dunas com imensos locais propícios a um dia bem passado, com sol e pouco vento. Nudismo frequente. 

MOREIRÓ - A Sul de Vila do Conde, entre Vila Chã e Labruge. Pequena praia selvagem, apreciada por nudistas. 

CABEDELO - Gaia, na Foz do Rio Douro. Fica na encosta do lado oposto ao mar. Nudismo ocasional, mas raro. 

FURADOURO - Extensa praia de areia, entre Espinho e Aveiro, perto de Ovar. A Norte, entre as dunas e junto à mata, pratica-se nudismo. 

COSTA NOVA - Para chegar à Praia da Costa Nova, toma-se a A25 para Aveiro-Sul até à Praia da Barra, e vira-se para a esquerda em direcção a Sul, ao longo da Ria de Aveiro. Depois da vila da Costa Nova, passa-se pelo Parque de Campismo e, imediatamente a seguir, estaciona-se num espaço junto às árvores. Um carreiro de areia e terra batida, por entre vegetação típica do litoral, conduz à praia, a cerca de 250 metros.Este local costuma ser frequentado por pescadores (e pescadoras) locais, que estão habituados aos nudistas e convivem com amizade. 

DUNA ALTA - Para chegar à Praia da Duna Alta, toma-se a A25 para Aveiro-Sul até à Praia da Barra, vira-se para Sul, em direcção à Vagueira, ao longo da Ria de Aveiro. Continuando em frente, passa-se por dois Parques de Campismo. Depois do segundo, existe um carreiro de terra batida, para a direita, onde o carro pode estacionar. A praia fica imediatamente em frente, a menos de 50 metros. A Praia do Areão fica perto, a Sul. Praia extensa de areia branca, dunas baixas, mar normalmente calmo. Nudismo habitual, praia discreta, por vezes frequentada por amantes da equitação, que alugam cavalos nas imediações e costumam manter-se nas dunas.

PALHEIRÃO - Situa-se entre Aveiro e a Figueira da Foz, entre Mira e Tocha. Pode aceder-se a partir do IC1-N109, por várias formas: a partir de Ermida, virar para oeste e seguir sempre em frente até Palheirão; a partir da Tocha, seguir em direcção à praia e, 500m antes, virar para Norte por uma estrada de terra batida e tomar o cruzamento para Palheirão (esquerda), após o que é mais meio quilómetro até ao destino.Também se pode viajar para sul a partir da Praia de Mira, pela estrada junto aos parques de campismo, até ao cruzamento (para a direita, oeste) que leva ao Palheirão. Praia muito agradável, areal extenso e águas limpas que formam pequenos lagos na maré vazia. De notar a ausência quase completa de "mirones". 

ALMADOIROS - Cerca de três quilómetros a sul do Palheirão, a caminho de Palheiros de Tocha. Nudismo ocasional, com tendência a aumentar. 

COVA-GALA - Fica a sul da Figueira da Foz, junto ao Parque de Campismo da Orbitur na Gala. Seguir uma vereda de areia pelo pinhal a norte da vedação do parque, até cerca de cem metros antes do acesso à praia. No lado sul, o nudismo é habitual. Areia branca, com dunas altas. 

OSSO DA BALEIA - Principal praia do Concelho de Pombal, que pode alcançar-se a partir da povoação de Carriço, no IC1-N109, que liga Leiria à Figueira Foz. Pela sua grande extensão de areal, é sempre possível encontrar um sítio agradável (e recatado, se o dia for muito textil). Desde 2002 que começou a ser frequentada por naturistas, de uma forma não muito regular, mas ainda assim cada vez mais frequente. Antes de se instalar para umas horas de sol "au naturelle", verifique o ambiente - nem todos os dias há nudistas por estas paragens... 

VIGÃO - Entre a Figueira da Foz e Leiria. Acesso através do IC1, virando para oeste em Souto de Carpalhosa, a norte de Leiria, ou seguindo pela 242-1 a partir da Marinha Grande. Em Vieira de Leiria, seguir para a Praia da Vieira e aí virar para norte, em direcção a Pedrogão. Meio quilómetro depois de atravessar a ponte sobre o Rio Lis, virar para a esquerda (oeste), em direcção ao mar, por uma velha estrada (não tente a visita em época de chuvas, fica intransitável). Local frequentado por naturistas há muitos anos. Praia extensa, com mais de três quilómetros, completamente selvagem e sem qualquer manutenção - leve o seu lixo quando sair!!! 

PEDRAS NEGRAS - Entre Vieira de Leiria e Praia Velha. 10 kms de areal ao longo da costa. A partir da Marinha Grande, pela 242-2 em direcção a S. Pedro de Moel, depois para Norte até à Velha e em frente. Apanhar um dos trilhos que cortam o pinhal. 

NAZARÉ-NORTE - Praia selvagem com mar muito revolto, a norte da Nazaré, pela N242, em direcção a Sítio. 

SALGADO - Entre a Nazaré e S. Martinho do Porto. Na pequena localidade de Famalicão (N242) toma-se a estrada que sobe a Serra da Pescaria, até um parque de estacionamento. Seguir para Norte, até depois de uma duna grande. A zona é muito bonita, mas o mar é muito agreste e a água fria. Nudismo ocasional para Norte da duna a seguir ao parque de estacionamento. 

GRALHA - A sul da Nazaré, junto a S. Martinho do Porto. Assim que entrar em S. Martinho, vire à direita, passe pela Escola e pelos Bombeiros e no fim da rua vire à direita para uma subida de cerca de cem metros, onde verá uma placa com a indicação de "Gralha". Depois de uma subida ligeira há um pequeno largo onde pode estacionar. A praia fica logo em baixo. Está protegida por encosta de cerca de trinta metros e é uma praia de areia. No extremo sul, a maré baixa descobre um fundo rochoso e proporciona novos locais agradáveis para passar umas horas. 

REI CORTIÇO - Perto de Caldas da Rainha, a sul da Foz do Arelho. Grandes falésias e recantos apreciados por nudistas. 

PRAIA D'EL REI - A norte de Peniche, entre o Baleal e a Lagoa de Óbidos. Nudismo ocasional, não muito frequente. 

ALMAGREIRA - A norte de Peniche. A partir do Baleal, em direcção a Ferrel e procurar as placas que indicam Almagreira. O carro fica perto da praia, que se alcança descendo uma encosta. Praia extensa, de areia, nudismo ocasional, com tendência a aumentar. 

VALMITÃO - A Sul de Peniche, perto da Lourinhã. Vários quilómetros de areal, acedíveis por inúmeros carreiros. A partir de Ribamar, uma estrada asfaltada conduz a um estacionamento de onde se pode partir para Sul, à escolha do melhor sítio. 

AGUDA - Praia selvagem, entre Magoito e Azenhas do Mar. Há uma estradinha a partir de Fontanelas, até uma escadaria na falésia, que desce até à praia. Nudismo habitual. 

ADRAGA - A partir de Sintra, Colares, Almoçageme, siga as setas para a Adraga. A estrada tem descidas e subidas pronunciadas, mas faz-se bem. Estacionamento, nudismo moderado no extremo Norte.

Mobirise

URSA - Pequena, escarpas rochosas, muito bonita. A partir de Cascais/Guincho ou a partir de Sintra/Colares, rumar ao Cabo da Roca (é o ponto onde acaba a Europa e começa o mar - passam-lhe até um certificado de ter lá estado). Pouco antes de chegar ao Cabo, uma pequena seta à direita indica a Ursa. Pode entrar com o carro, embora o piso pareça mau, mas tenha cuidado e conduza devagar. Pouco adiante chega a uma clareira, de onde terá que seguir a pé. Dos caminhos possíveis, o melhor é o que desce pela esquerda (o da direita é já uma incursão nas práticas de alpinismo suave, mas interessante também).  A Ursa é uma pequena Praia, que muita gente classifica como "a praia mais bonita de Portugal". Despoluída e limpa, é frequentada por nudistas e texteis que partilham o espaço pacificamente. O mar é frio e não há água doce para beber, mas pode passar horas a explorar as falésias à volta. Leve calçado de sola de borracha e conte com uma boa meia hora cansativa para a subida de regresso.
Vale bem a pena uma visita à Ursa.

ABANO - Entre Sintra e Cascais, na estrada que segue ao longo da costa, pelo Guincho. Perto de Malveira da Serra, virar para oeste na placa que indica a praia. Pequena praia abrigada mas com mar muito fustigado por ventos. Areia branca fina.

BELA VISTA - Praia oficial naturista.

A partir de Lisboa, em direcção à Caparica e depois para Sul, é o último acesso às praias dessa faixa e a última delas. Chegado à Belavista, siga para sul (à esquerda do Restaurante). São vários quilómetros de areal e dunas, até ao início da Fonte da Telha. Na alternativa, apanhe o pequeno comboio de praia que parte da Caparica e saia na paragem 19. Pode chegar à Bela Vista também pelo lado Sul, a partir da Fonte da Telha: na aldeia vire à direita e siga até ao fim da estrada. Estacionamento gratuito a cerca de cem metros do mar, através de carreirinhos na mata. Ao chegar à Praia vire à direita (para Norte). Praia muito larga, de areia branca, dunas ricas em vegetação, um bom abrigo nos dias ventosos. Excelente para banhos de sol, mar normalmente calmo, ondas pequenas.

FONTE DA TELHA -  Praia da ADIÇA - Praia oficial Naturista

Entre a Bela Vista e o Meco. Há várias maneiras de lá chegar. A partir de Lisboa, pode ir-se pela Caparica e depois sempre para Sul até ao cruzamento que desce para a aldeia, ou pela Estrada Nacional 10 (depois da Ponte sair para Almada e seguir para Sul) até à Cruz de Pau.  Depois à direita em direcção às Praias (vai ter directo à Fonte da Telha). Quando chegar à aldeia vire à esquerda e siga até ao fim da estrada, onde pode deixar o carro mesmo ao lado da praia. Uma alternativa muito apreciada é, em vez de descer para a aldeia, seguir para sul até à Base da Nato. Deixe o carro e siga para o mar pelos carreiros entre as dunas (cerca de 1km) - vai ter directamente aos melhores locais da praia.  Prepare-se para uma subida de regresso que compensa duas horas de ginásio... Praia extensa de areia branca, dunas e mata com muita vegetação. Tem recantos idílicos, se explorar a falésia para Sul, um quilómetro ou mais. Três nascentes fornecem água que pode beber e se procurar também encontra argila. Nudismo há mais de trinta anos, numa mistura cordial de texteis e naturistas. Mar normalmente calmo, pouco vento, sol até muito tarde, é costume ver-se gente na praia até ao cair da noite.

MECO (Rio da Prata)- Praia oficial naturista.

A partir de Lisboa, siga pela A2, saia na direcção de Sesimbra e depois de Fernão Ferro vire à direita para Alfarim. Siga a placa "Praias" e estacione num dos vários parques à esquerda, assim que tiver o mar à vista. O estacionamento custa entre 1 e 2 Euros, para o dia todo e os parques têm saída directa para a Praia. No areal vire à esquerda e escolha o seu sítio a partir da primeira bica de água doce. Principal Praia Naturista em Portugal e a mais conhecida internacionalmente. É protegida por uma falésia de argila, com nascentes de água própria para beber ou tirar o sal do corpo. Sítio excelente para tratamentos com argila verde, abundante e pura.  Frequentada por famílias, é uma praia tranquila com água muito limpa. Nos dias de mau tempo o mar é forte. 

RIO DA PRATA (Meco) - Praia oficial naturista.

É o extremo sul da praia do Meco. Para ir de carro, atravesse a Aldeia em direcção ao Parque de Campismo e corte à direita imediatamente depois de acabarem as casas, a seguir a um extenso muro branco. Os caminhos estão sempre a ser alterados, mas chega-se a um pinhal particular onde o carro fica guardado por uma família que cobra estacionamento e passa recibo, se lho pedirem. A praia é muito bonita, abrigada, mar suave, areia branca, frequentada quase exclusivamente por nudistas. Bom ambiente.

BICAS - Atravesse a Aldeia do Meco, siga todo o caminho até ao Parque de Campismo e estacione à esquerda. A Praia fica ao fundo de uma descida íngreme, protegida por falésia. Nudismo no extremo Norte, para a direita.

ILHAU - Entre Sesimbra e o Cabo Espichel, muito difícil acesso. Siga em direcção ao Cabo e depois da Aldeia de Azóia tome um caminho de terra e continue a pé por uma escarpa com um trilho que desce até ao mar. A praia, a que também chamam Mijona, é completamente selvagem e muito isolada.

COMPORTA - Fica a Sul da Península de Tróia, logo abaixo de Setúbal, mas separada pelo Rio Sado. A forma mais directa de acesso consiste em atravessar o rio de barco, entre Setúbal e Tróia, e seguir pela estrada nacional 253-1. Também se pode alcançar a partir de Alcácer do Sal pela N253 ou pela N261 para quem vem de Sul. Existem restaurantes e estacionamento na Praia central (textil). Uma vez na Comporta, tanto pode seguir-se para Norte como para Sul da Praia, embora a zona Sul seja a mais frequentada por naturistas. Areal extenso, limpo e de areia branca. Dunas baixas com vegetação rasteira. Pode considerar-se pouco frequentada, principalmente devido à sua vastidão, que permite grandes distâncias entre pessoas, para quem gosta de fugir à confusão.

BREJOS - Praia pouco frequentada porque fica muito escondida entre caminhos e veredas. A Sul da Comporta, pela N261, vire para Oeste em Brejos da Carregueira. Siga o canal até encontrar duas casas, vire à esquerda e depois à direita logo a seguir à próxima casa. Chega a um pinhal, onde um trilho conduz às dunas. Completa privacidade.

ABERTA NOVA - Entre Galé e Melides, a partir da N261. É uma praia muito limpa, frequentada por nudistas a norte e a sul da zona têxtil central.

MONTE VELHO - A sul da Lagoa de Santo André, no oeste alentejano.  Tem estrada alcatroada até à costa e parque de estacionamento junto às dunas.  Uma passadeira de tábuas conduz à praia, que na sua zona central é textil. Os naturistas costumam frequentar toda a extensão sul. É um extenso areal, muito limpo, de areia branca e fina. Esta praia é a mais próxima que existe do Camping Naturista "O Barão".

AREIAS BRANCAS - A Sul de Monte Velho, entre Sines e Santo André.  Longa praia de areia branca, muito limpa e tranquila, com mar calmo.  Sítio óptimo para levar as crianças. Siga as placas para Areias Brancas e Fonte do Cortiço na via rápida de Sines a Santo André, para Norte, até um estacionamento com zona de lazer, depois tome um dos carreiros para a praia.

SALTO - Praia Naturista oficial.  Entre Sines e Milfontes, junto a Porto Covo, para Norte, entre as Praias do Cerro da Águia e Cerca Nova.  A partir de Lisboa, siga para Sul pela A2 e saia em Grândola, em direcção a Sines, até uma rotunda em que deve virar à esquerda rumo ao Algarve.  Vire para Porto Covo e na povoação, ao fundo, à direita, por uma estrada asfaltada que conduz às pequenas praias a norte, entre as quais fica a Praia do Salto.  O acesso faz-se por um carreirinho na falésia a Sul da praia.

PESSEGUEIRO - Frente à Ilha do Pessegueiro, entre Porto Covo e Milfontes. O melhor caminho a partir de Lisboa é a Auto-Estrada do Sul até Grândola e depois em direcção a Sines.  Antes deSines, corte à esquerda para o Algarve e siga por S. Torpes até antes de Porto Covo e vire à esquerda para a Ilha do Pessegueiro. A Praia fica mesmo em frente, numa paisagem magnífica. Para a direita, a zona é têxtil, mas se subir o morro à sua esquerda chega a um lajeado com pequenas praias de areia entre os cortes na rocha, onde é habitual a prática de nudismo. Praias pequenas e limpas, com recanto bonitos. Água fria.  Poucos ventos e muita tranquilidade. Para Sul, estende-se uma praia larga de areia branca. 

MALHÃO (AIVADOS) - Entre Porto Covo e Vila Nova de Milfontes, no litoral alentejano.  O melhor caminho a partir de Lisboa é a Auto-Estrada do Sul até Grândola e depois em direcção a Sines. Antes de chegar a Sines uma placa indica Algarve e daí pela estrada de S. Torpes, Porto Covo e Ilha do Pessegueiro, até ao Parque de Campismo "Sitava". Contorne o Parque para a direita e logo a seguir é o Malhão. Contorne o Parque para a direita e logo a seguir é o Malhão. Se quiser chegar mais perto de carro, siga em frente a partir do último parque e escolha uma das "picadas" de areia (são muitas e vão todas dar ao mesmo sítio) até um descampado onde pode deixar o carro e seguir a pé pelas dunas. Praia muito bonita, numa zona despoluída em que a natureza ainda não foi estragada pelo homem. O ribeirinho a norte é o sítio ideal, com densa vegetação e muitas bicas de água pura a correr de pequenas encostas. Os caudais variam e pode escolher-se o melhor para beber ou para um agradável "chuveiro". O ribeiro forma por vezes um pequeno lago que faz as delícias de adultos e crianças. Há argila nalguns recantos. A paisagem é magnífica, de quaisquer ângulos. Aqui pratica-se nudismo há mais de trinta anos. É uma visita "obrigatória"... 

BREJO LARGO - A Sul de Milfontes, a partir da aldeia de Longueira, virar para o mar depois do depósito de água, até encontrar uma casa isolada. Seguir a pé pela duna até uns degraus cavados na rocha. A praia fica para a esquerda, numa grande extensão. Muito frequentada por nudistas. 

ALTEIRINHOS - Praia oficial Naturista - Fica na costa alentejana, entre Milfontes e Odeceixe, a sul de Odemira. O melhor caminho a partir de Lisboa é a Auto-Estrada do Sul até Grândola e depois em direcção a Sines. Antes de Sines, uma placa indica Algarve e daí segue-se até ao Cercal, depois por Milfontes até à Zambujeira do Mar. Aí, seguir para Sul (esquerda), atravessando um pequeno ribeiro e subir por uma estrada de terra, continuando cerca de 1000 metros até um desvio à direita que leva a um planalto no alto da falésia. Cuidado com a descida do declive rochoso, que é escorregadia. Encontrará uma escada de madeira, para a esquerda da qual se estende a praia dos Alteirinhos. A praia é de areia muito limpa, com rochedos que a ligam ao mar, constituindo uma fronteira entre os naturistas e os texteis da Zambujeira.  Mais para Sul, há uma pequena praia só acessível a vau na maré vazia. Passa-se por uma fenda entre as rochas, na maré baixa. Descobre-se então esta pequena praia muito bonita e recatada, frequentada exclusivamente por naturistas. Pode chegar-se aqui também na maré alta, por sobre o morro a sul dos Alteirinhos, onde existem carreiros pequeninos. 

PRAIA DA AMÁLIA - Entre Odemira e Odeceixe, pela N120, tomar a 393-1 para Brejão e virar para Azenha do Mar. A pouco mais de 1 km existe uma placa com um malmequer e uma recta que vai dar à antiga casa de férias de Amália Rodrigues, que deu o nome à praia. Seguir um trilho à esquerda da casa, que acompanha um ribeirinho até uma cascata na praia. Recanto muito bonito.

ADEGAS - Praia oficial naturista, junto a Odeceixe, costa oeste algarvia. Pela Estrada N120, seguir para Sul a partir de Odemira, virar à direita depois da Ponte sobre a Ribeira de Seixe, e seguir cerca de 3 kms até à Praia de Odeceixe. Continuar mais 500 metros até um parque de estacionamento junto a um miradouro e procurar as escadas de acesso à Praia. Esta praia é vigiada durante a época balnear e tem recolha de lixo.

VALE FIGUEIRA - A sul de Aljezur. Tomar a N268 a partir de Vila do Bispo ou a N120 de Aljezur ou para quem vem do Algarve (neste caso, mudar para Sul pela N268 antes de Alfambras). Virar para oeste na placa que diz Vale Figueira. Ao fim de dois quilómetros existe uma padaria onde deve tomar o caminho de terra à direita, junto à placa "Praia". Siga pela esquerda e menos de 3 km depois está na praia. Dunas ondulantes ao longo da costa fazem desta praia um local muito bonito e abrigado. A areia é branca e limpa.

BORDEIRA - Entre Vila do Bispo e Aljezur, a partir de Carrapateira, pela N268. Nudismo ocasional na língua de areia a Norte, perto de uma grande rocha chamada Pedra de Matez.

MURRAÇÃO - Oeste Algarvio, entre Carrapateira e Vila do Bispo, pela N268, a Sul da praia do Amado. Grande areal entre falésias, na foz de um pequeno rio, um mundo a explorar na maré baixa, do lado norte da praia.

BARRIGA - Praia pouco frequentada, protegida por grandes falésias. A partir de Vila do Bispo, seguir para Castelejo e depois para Norte, passando por Cordama.

CORDAMA - Costa ocidental do Algarve, difícil acesso, a partir de Vila do Bispo. Local muito isolado. No centro da praia, uma formação rochosa provoca grande interesse e curiosidade e é alvo preferencial das objectivas fotográficas.

BELICHE - Algarve, entre Sagres e o Cabo de S. Vicente. Acesso a partir de Vila do Bispo pela N268. Virar à direita no cruzamento para Beliche. Existe um parque de estacionamento, a partir do qual se pode chegar à praia por uma escadaria ampla e confortável. A zona preferida pelos naturistas é a enseada à direita, pelo que deve procurar chegar-se antes da maré alta, para mais fácil acesso. A água é cristalina e o mar muito calmo.

BARRANCO - Entre Lagos e Vila do Bispo, pela N125. Em Raposeira tome uma estrada de terra no fim da aldeia, até uma baía de águas muito serenas, rica em fauna e flora submarinas, um paraíso para levar as crianças a dar os primeiros mergulhos.

ZAVIAL - Algarve, entre Lagos e Sagres, mais precisamente entre Ingrina e as Furnas.  Pode aceder-se a partir de Vila do Bispo ou pela Estrada que leva às Furnas, a partir de Figueira, ignorando o cruzamento à esquerda para as Furnas, onde deve seguir-se em frente. Tem uma enseada a leste que costuma ser frequentada por naturistas.  Na maré alta a praia fica algo pequena e tem de sair-se ou entrar-se por carreiros acima da praia, de fáci acesso.  A água é tão limpa que chega a parecer que se está num recanto tropical e o mar é muito suave, seguro para as crianças e bom para pequenos mergulhos.

FURNAS - Um "paraíso secreto" no Algarve, entre Vila do Bispo e Lagos. Vire para Sul no "Spa da Floresta". Este é o mesmo cruzamento para o Camping "Quinta dos Carriços", mas em vez de seguir para Salema tome a estrada de Figueira, atravesse a aldeia e, no fim, vire à esquerda numa estrada de terra batida. Siga sempre pelas picadas da esquerda. A estrada é má e a praia algo difícil de encontrar, mas vale a pena. Apesar da dificuldade em lá chegar - ou talvez por isso - este é um lugar maravilhoso, completamente despoluído. A praia é de areia muito fina, rodeada de falésias com dezenas de grutas e pequenas cavernas de todas as formas. À esquerda há uma pequena praia entre picos rochosos, que é um local extremamente aprazível. Estrada estreita e cheia de calhaus soltos, intransitável depois de chover.  A Praia fica logo a seguir a uma velha casa em ruínas, no fim da picada. 

FIGUEIRA - Perto das Furnas, a partir da aldeia de Figueira, em direcção a um velho Forte do Século XVI. Praia a meio quilómetro do estacionamento por um trilho em plena natureza. Local muito recatado, mas com ventos fortes.

CABANAS VELHAS - A oeste de Lagos, na estrada para Vila do Bispo.  Vire para Burgau e no meio da aldeia siga para a direita até encontrar uma placa para "Cabanas Velhas", pela esquerda.  Areia branca e água quente, praia extensa sob uma falésia convidativa para pequenas acrobacias - cuidado com as crianças: a rocha não é escorregadia, mas uma queda seria muito perigosa.  Um local acolhedor, ameno e confortável, onde pode deixar o carro mesmo junto à praia, uma caminhada de menos de cem metros.

PINHEIROS - Recanto de extraordinária beleza.  Maravilhosa praia algarvia junto a Lagos, entre a Ponta da Piedade e a Praia do Camilo. Encaixada entre escarpas rochosas, deve ser uma das belas praias portuguesas. O acesso é muito difícil, por carreiros e escadas escavadas na colina. O areal tem quase 50 metros de extensão, mesmo na maré alta. É uma praia muito abrigada, sem vento e com mar calmo. Excelente ambiente, um verdadeiro mergulho na Natureza. Não deixe de procurar uma gruta irresistivelmente convidativa, de onde pode chegar a um algar cuja visita é um encanto que não vai esquecer. Foi pedida classificação desta praia como naturista, processo inviável pelo perigo de derrocadas no local. 

MEIA PRAIA - Algarve, perto de Lagos. Siga pela N125 até à vila de Odiáxere e vire para Sul nos semáforos. Existem sinais que indicam a Meia Praia e o Golf de Palmares. Passe os portões do campo de golfe e continue por uma estrada de asfalto. A seguir ao clube, vire à esquerda, pela passagem de nível e continue ao longo da linha férrea cerca de 300 metros, depois vire à direita numa estrada de terra batida e estacione no fim da vedação do campo de golfe. Tome um carreiro de cerca de 50 metros até à praia. Praia larga, de areia fina e branca. A maior parte dos naturistas prefere o lado direito (oeste).

CANEIROS - Na saída leste de Portimão, perto de Ferragudo. O único acesso fácil é pela Praia de Ferragudo, para a direita (Oeste), contornando uma saliência rochosa no fim da praia (nem sempre possível na maré cheia). É uma praia pequena, muito agradável e frequentada quase exclusivamente por nudistas. Excelente sítio para mergulhar com óculos e barbatanas. A água é sempre muito quente e agradável. No Ferragudo alugam Gaivotas. Local perfeito para um dia com as crianças: estão sempre à vista, o mar é calmo e podem brincar à vontade, sem qualquer perigo. A vista é maravilhosa, das mais belas na costa portuguesa. Em frente da praia, existem formações rochosas a sair do mar, uma imagem estonteante de cor e harmonia. Ao fim da tarde, as rochas cobrem-se de milhares de gaivotas que aí têm o seu habitat natural, desde as falésias junto ao farol até às ilhas ao largo. 

AFURADA - Algarve, entre Ferragudo e Carvoeiro. Esta é a praia portuguesa mais difícil de atingir - por duas razões: 1ª - os últimos dez metros são uma descida por uma corda;  2ª - para encontrar o acesso é quase preciso seguir "o mapa do tesouro"! Ora vejamos: a leste de Portimão, vira-se para sul em direcção a Ferragudo. Aí, segue-se a estrada para Caneiros e continua-se a subir a colina, em direcção a Carvoeiro. Ao fim da subida, vira-se na primeira à direita numa vereda de terra sem qualquer placa. Continua-se a subir pela direita, virado para Ferragudo. No cimo da colina, encontra-se então o primeiro marco que significa estar-se no bom caminho: um marco metálico com dois metros e meio de altura e 30cm de diâmetro. Agora é que vem o mapa do tesouro: encoste-se ao poste e ande precisamente 50 passos para oeste; depois, vire-se e olhe de volta para o poste: verá então, mas só então, onde fica o caminho de acesso à praia.  Meça bem se de facto está numa de o descer e atire-se à aventura pelo carreiro abaixo, mas com cuidado! O piso é seco e escorregadio durante cerca de cem metros e - finalmente - a última etapa: uma corda para ajudar os últimos dez metros até à praia. Parece inútil dizer que esta praia nunca está cheia de gente... portanto, é um local agradável, muito bonito, limpo e protegido. Vale bem a aventura! Para quem estiver na Quinta Horta, este é o passeio pedestre por excelência: demora cerca de meia hora e tem todos os ingredientes que os organizadores de passeios e orientação engendram para os seus programas... para além de que é um excelente exercício e faz bem à saúde! 

PRAINHA - Entre Portimão e Lagos, junto ao Alvor, donde pode descer por escadinhas ou elevador (para utentes). Acesso fácil a partir de Três Irmãos, por entre rochas e grutas. Areia branca e água quente, escarpas rochosas e pequenas grutas, paisagem muito bonita. Nudismo ocasional no extremo leste. Local tranquilo e agradável.  Foi num recanto desta pequena praia que nasceu a foto da capa da edição nº 5 da Prespectiva...

JOÃO D'ARENS - Esta pequena praia do litoral-sul algarvio poderá vir a ser a sexta praia oficial naturista em Portugal. O pedido foi entregue em 26 de julho à Câmara Municipal de Portimão, numa iniciativa do Clube Naturista do Algarve. Fica entre Vau e a Prainha, no Alvor.  A partir de Portimão, tomar a V3 em direcção ao Vau e seguir em direcção à Ponta João d'Arens. A praia fica abrigada entre falésias e é de areia branca, muito limpa.

SUBMARINO - Pequena praia selvagem a leste da Prainha, difícil acesso, a partir do Alvor, por trilhos nas falésias.

PRAIA GRANDE - Algarve, entre Armação de Pêra e Albufeira, a oeste da Praia dos Salgados, local discreto, muito frequentado por estrangeiros. Grande extensão de areia branca. Quem sai de Armação de Pêra para Norte, vira à direita (leste) na estrada para Albufeira, a meio caminho entre Pêra e a estrada para Faro. Pouco depois, aparecerá uma estradinha menor para a direita, que conduz a poucos metros da Praia Grande. Estacionamento fácil, no campo, e caminhada curta pelas dunas, até à Praia. O mar é normalmente calmo, excelente para nadar e uma praia óptima para crianças, pela sua segurança. Nudismo habitual em toda a extensão do areal.

DESERTA - É o extremo Sul de Portugal, na Ilha da Barreta, só acessível por barco. Há carreiras diárias a partir de Faro, a 7 euros ida e volta, regresso às 18 horas. São 10 kms de areal numa zona protegida, riquíssima em fauna, um paraíso para os estudiosos de ecossistemas quase intocados pelo homem.

ILHA DE ARMONA - Algarve, entre Olhão e a Fuseta, a leste de Faro. É uma língua de areia muito extensa, com uma pequena aldeia um tanto desordenada. Local frequentado habitualmente por naturistas, é acessível a partir de Olhão ou por barco a partir da Fuzeta.

ILHA DE TAVIRA - Praia Naturista Oficial, no leste algarvio, situada na Ilha de Tavira, entre Faro/Olhão e Vila Real de Santo António.  Zona protegida, no Parque Natural da Ria Formosa. Acesso por barco a partir do Embarcadouro de Tavira ou pelo comboio da Praia do Barril. Praia extensa, com cerca de 700 metros de areia branca e água a temperatura muito agradável, bastante frequentada por estrangeiros. 

ACELA - Entre Tavira e Vila Real de Santo António, a leste da aldeia de Cacela Velha. É uma comprida língua de areia, separada do continente pela Ria Formosa, onde pululam viveiros de ostras e amêijoas. Acesso por barco a partir do Sítio da Fábrica ou a pé desde Mantarrota. Pouco frequentada durante todo o ano.

___________________________________________________________

Esta página inclui textos da autoria de Pedro Laranjeira, Naturista, comunicador e jornalista, nasceu em Viseu a 9 de Agosto de 1945, e faleceu a 4 de Outubro de 2015. Fica aqui a homenagem da Federação Portuguesa de Naturismo, a este Naturista.


PATROCINADORES

FPN Monte Naturista Barão

Monte Naturista Barão

Se pretender aliviar-se do stress num ambiente natural, familiar e confortável, este é o sítio ideal. Descubra mais...

FPN Piscinas BIológicas Biopiscinas

Bio Piscinas

A empresa Bio Piscinas, Lda. concebe e promove soluções biológicas e ecológicas de tratamento de águas, aplicando know how científico e bio-tecnologias sustentáveis e não poluentes. Descubra mais...

CONTACTE-NOS

Para qualquer questão contacte-nos pelo formulário.

INF-FNI

A Federação Portuguesa de Naturismo é filiada na INF-FNI, Federação Naturista Internacional.

Contactos

R. Quinta das Lavadeiras,
Nº 14 Loja A
1750-239 Lisboa

Email: fpn@fpn.pt                     
Telemóvel: 926 507 755